Seminovos alcançam a marca de quase 12 milhões de unidades em 2022

Berger Vogt
Berger Vogt 4 Min Read
4 Min Read

A procura por veículos seminovos e usados segue com números elevados em todo o Brasil. Segundo relatório publicado pela FENAUTO (Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores), a elevação nacional deve bater a marca dos 13 milhões até o fim do ano. O dado indica uma estabilidade do setor e projeções otimistas para o próximo ano.

Clima positivo

Para o presidente da FENAUTO, Enilson Sales, o clima é positivo. “Com a definição do resultado das eleições presidenciais, e a injeção do 13º no final do ano, e por ser um período sempre mais favorável para o comércio em geral, acreditamos que as vendas devem melhorar”, conta.

Belo Horizonte vem se destacando no cenário nacional. Com 34.029 unidades vendidas em novembro, a capital apresentou alta de 3,5% se comparado ao mesmo período de 2021, no acumulado do ano, elevação de 1,2% com 419.081 veículos comercializados em 2022. Em relação a outubro, novembro apresentou ligeira queda de 2,7%.

Retração

Em Minas, os dados representaram estabilidade com pequena retração de 4,3% se comparado ao mês anterior. No total foram 127.974 carros comercializados em comparação ao mês passado no qual foram vendidos 133.704 veículos, representando uma média de 6.399 unidades por dia útil.

Força do setor

“Para nossa surpresa a grande BH apresentou saldo positivo no acumulado do ano, mesmo com a expectativa de queda provocada pela insegurança em relação às eleições. Mesmo com as flutuações e oscilações geradas pelo mercado nos últimos dias, a estabilidade nos números indicam a força do setor”, conta Glênio Junior, presidente da Associação de Revendedores do Estado de Minas Gerais (Assovemg).

Deu Palio de novo

Os veículos mais vendidos na capital são mais uma vez o Palio da FIAT encerrando o mês em primeiro lugar com 1.715 unidades, seguido pelo Uno da FIAT em segundo com 1.531 e o Gol da Volkswagem com 1.480 em terceiro lugar. No estado ordem invertida com o Gol em primeiro com 8.761, Uno em segundo com 6.123 e Palio em terceiro lugar com 6.089.

Projeções se mantém positivas

Na primeira semana de dezembro, o mercado reagiu de forma apreensiva com as expectativas em relação à votação da PEC de transição. As incertezas em relação ao texto, provocaram sucessivas oscilações na moeda americana, que na segunda (5) apresentou leve alta de 0,44% a R$ 5,2362.

Impacto do combustível

O IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15) variou 0,53% em novembro e registrou alta de 5,35% no ano. Os preços dos combustíveis voltaram a subir chegando a uma elevação de 2,04%. 

Projeção

Mesmo com estimativas de alta no IPCA para 2023, de 5,02% para 5,08%, a mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2022 subiu de 2,81% para 3,05%. Também para o ano que vem, as expectativas de crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), subiram de 0,70% para 0,75% chegando a 1,71% em 2024.

Share This Article